segunda-feira, 22 de abril de 2013

12° capitulo - Eu, meu cachorro e minha vida: você.


12° capitulo – Sorte.

Emma’s POV:

Eu estava me preparando pra dormir quando eu escuto a corta bater. Desci as escadas e vejo a Camilie (que ia ficar aqui comigo, já que minhas irmãs não estão) também correndo pela casa pra ver quem tinha chegado.
Chegamos juntas à sala e vimos a Cayla entrando pela porta com um sorriso de orelha a orelha.
Camilie: Onde a senhorita estava? – perguntou tentando se fazer de brava.
Cayla apenas deu um sorriso, que eu logo entendi o motivo dele estar ali, e saiu andando com a mão atrás das costas até a Camilie.
Cayla: Olha o que ele me deu... – e amostrou um lindo cordão 
escrito “LOVE” e no lugar do “o” era uma pérola.
Camilie: WOW, ele te deu isso? – perguntou de olhos arregalados e Cayla por sua vez afirmou toda boba.
Sentei-me no sofá, por que perdi o sono, e liguei a tv.
Depois de uns 5 minutos vejo a Collie tentando entrar de fininho pra dentro de casa.
Eu: Onde você estava?
Cayla: Ela tava dando uns beijos no Louis!
Collie: Como sabe? Quer dizer... – ela ia terminar, mas a Cayla interrompeu.
Cayla: Rá! Confessou que tava dando uns pega no Loui! – nessa hora Collie ficou tão vermelha quanto um tomate e cobriu o rosto com as duas mãos fingindo estar chorando – Ah, Collie, não fica assim não, ele é um cara legal e... Ai meu dels, ainda não acredito que você e o Louis... – ela nem conseguiu terminar a frase, caiu na gargalhada.
Collie: July, você é mau! – disse choramingando.
Camilie: Por que a gente não chama o povo pra vim dormir aqui?
Cayla: Boa ideia! – ela falou lentamente jogando um sorriso cheio de malicia à Collie.
Collie’s POV:
Depois de tantas piadinha que tive que aguentar, subi pro meu sagrado quarto. Tomei um banho gelado e vesti uma roupa qualquer 
e me deitei, mas eu não consegui dormir. Aqueles olhos, aquela cena, tudo continuava passando como um filme em minha mente, até a sensação que eu sentia de borboletas no estomago estava presente.
Uns minutos se passaram e só o que havia em minha mente era Louis, Louis e mais Louis...
Ouvi um barulho na janela, que me fez sair de meus devaneios. Fui até a mesma e assim que meus olhos bateram na causa do barulho, abri um sorriso sincero. Sim era ele, o Louis!
 
Louis: Posso entrar? – perguntou com um sorriso chamejante, que eu, obvio, não resisti, e assenti.
Eu: Entra pelos fundos pra ninguém te ver...
Louis: Não é mais fácil subir por essa escada? – disse apontando pra ela.
Eu: Ou pode subir pela escada... – disse brincando.
Ele subiu todo atrapalhado e eu fiquei observando cada degrau que ele subia com a mão apoiada na janela.
Ele parou quando chegou no ultimo e ficou me olhando, suas mãos lentamente foram em direção ao meu queixo e juntando nossos lábios.
Louis: Um é certo, mas dois... não é muita sorte? – disse com a testa colada na minha.
Eu: Entra seu bobo!
Zayn’s POV:
Estava no meu quarto trocando sms com a Perrie quando batem na porta.
Eu: Entra!
Liam passou pela porta e se sentou a beira da cama, e eu continuei mexendo no celular.
Liam: Zayn?
Eu: Que? – disse ainda olhando ainda no celular.
Liam: Da pra pelo menos você olhar pra mim? – Bufei e abaixei o celular.
Eu: O que você quer?
Liam: Olha, eu sei que tá sendo difícil ficar longe da Miranda, sei que você está triste, mas você tem que esquecer isso, vamos nos divertir...! – eu continuei olhando pra ele sem dar um piu – Ok, você quer ficar aqui, então fica, mas se quiser sair, todos vão estar na casa da Cayla.
Ele saiu me deixando alguns minutos pensando. Pensei tanto que acabei dormindo.
[...]
Acordei com o som do despertador. Bati um milhão de vezes no relógio, mas não adiantou de nada. Tive que levantar para desliga-lo.
Fui direto pro banheiro e tomei um banho refrescante, minha cabeça estava latejando, depois que sai de lá, fui à cozinha, e tomei um rémedio pra ver se passava.
[...]
Tinha dormido novamente, mas acordei por conta da fome. Vesti-me e andei até a casa da Collie e toquei a campainha e quem atendeu foi a Emma.
Emma: Ah, oi Zayn – disse em um tom com eu se não fosse quem ela esperava ver – desculpa, mas não tenho permição para falar com você.
Eu: Como assim?
Emma: Me proibiram de falar com você.
Eu: Quem exatamente? – perguntei já tirando as minhas conclusões de quem foi.
Emma: Não posso falar. – É, foi ela.
Eu: Posso entrar então?
Emma: Tambem não...
Eu: Agora quem vai ter que me desculpar é você, por que eu tenho que entrar! – entrei sem deixar que ela me barrasse, subi as escadas e abri a porta de seu quarto.
Não pude deixar de ficar um pouco surpreso, não, um pouco é exagero meu, eu fiquei MUITO surpreso, quando vi a Collie dormindo nos braços do Louis...
*~~*~~*~~*~~*~~*
O.k, não me matem, eu sei que fiquei um tempo sem postar. Me perdoem, eu tava meio atrapalhada.
Eu li um comentário que me motivou muito a continuar, já que eu estava prestes a desistir de tudo.
Quem me enviou o comentário foi a BianccadoBiebs.
Sério cara, eu nunca esperei um comentário tão positivo quanto esse, e pode deixar que eu vou ler sua fic tambem e sejá bem vinda ao blog!!!!
Gente, tambem tem uma noticia ruim, eu vou tirar a fic do justin, pq ninguem ta lendo e eu tbm to sem criatividade pra continuar Ok??
amo vcs, até o proximo capitulo <3
Xx Gaby

Um comentário:

  1. Táa perfeitoo amor *-*
    Estou te seguindo, segue de volta?
    Poderia divulgar minha IB? assim no proximo capitulo que eu postar te divulgarei tbm.
    se quiser dar uma olhadinha e comentar agradeço =]
    http://belieberdojbs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir